sexta-feira, 29 de julho de 2011

São tristes as manhãs que prometem mais um dia sem você,  são tristes as noites que cumprem a promessa. E eu vou seguindo a vida, triste e de pé.
Tati Bernardi

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Jogo do contente - Pollyanna


Pois eu vou tentar te explicar; SEMPRE tem um lado positivo, em tudo, em qualquer coisa que aconteça, sempre vai existir ao menos um motivo pra você ficar contente com o que lhe aconteceu.
As vezes pode parecer impossível achar algo de bom em ganhar um par de muletas, mas, se você não precisa delas, já é algo pelo qual se alegrar. E quanto mais difícil de se encontrar o lado bom, mais contente você ficará de tê-lo encontrado.
Chorar: Não diminuir a dor.

Sorrir: Não muda o que você esta sentindo.

Ignorar: Apenas ameniza, mais não passa.

Conviver: É quando aprendemos que não irá passar, enquanto não aprendermos a conviver com as diversas situações em nossa vida.

Junior Araujo

sexta-feira, 15 de julho de 2011

Sabe quando você diz que eu quero que você me trate diferente? Eu sei que você trata.
É só que parece sempre parece isso que comigo você não se diverte. Nós não temos assunto, ficamos caladas e sinceramente acho que até nossos “Oi, tudo bem?” são falsos.
Talvez eu esteja sendo injusta agora, mas é tão difícil ver certas coisas. Talvez eu seja como sempre a dramática na história. A pessoa que vê um rio onde tem uma gota.
Mas eu queria taaaaaanto ter a certeza de que eu sou pra você, o que você é pra mim!

Eu gosto de pensar, que nossas conversas são assim, porque você é verdadeira comigo. E não faz de contar estar bem, quando não está. Mas isso, por vezes são só, mais pensamentos toscos dentro da minha cabeça.
Com todo o respeito... Eu só não quero que a nossa amizade fique como a minha com ele. Eu não quero sentir isso sobre você. Eu só quero ser a sua gêmea.
Eu sei que você não quer que eu entre na sua “zona intima”, mas eu daria tudo pra ser sua guardiã! Ao menos por alguns segundos! Ao menos por um segundo, eu gostaria de saber tudo o que te machuca. Tudo o que te destrói por dentro e você esconde com esse sorriso. Eu só queria cuidar de você.  

Na maior parte do tempo...

Na maior parte do tempo, eu choro. Choro na expectativa de que a minha dor saia acompanhada com as lágrimas. Choro achando que vai melhorar alguma coisa. Choro para me convencer de que não sou tão forte assim igual eles pensam. Choro para mostrar que eu não sou de ferro, e que ainda possuo sentimentos. As pessoas devem ter sérios problemas mentais ao pensarem que podem me destruir, e que depois, é só virem pedir desculpas para que meu coração esqueça do quanto me fizeram mal. Eu choro achando que as coisas vão melhorar. Eu choro me lembrando de que depois vou colocar um sorriso no rosto e mais uma vez, enganar a todos. Mas acima de tudo, eu choro só para esconder o quanto estou mal, e como ninguém se preocupa com isso.

terça-feira, 5 de julho de 2011